1º Ciclo do Ensino Básico

O  Ensino e aprendizagem no 1º ciclo, no Externato Passos Manuel, carateriza-se pelo conjunto das atividades que os alunos realizam ao longo do ano letivo  e o modo como estão organizadas, tendo em conta os seguintes documentos estruturantes e orientadores que consagram a ação educativa:

  • O Currículo Nacional;
  • O Regulamento Interno da Escola;
  • O Projeto Educativo
  • O Projeto Curricular de Escola
  • O Projeto Curricular de Turma
  • E o Plano Anual de Atividade    

siga-nos também no facebook : https://www.facebook.com/Externato-Passos-Manuel-1388588914722238/

PCT - Volta ao mundo em 182 dias - 2020.2021 1º Ciclo

Clique na imagem para aumentar

  1. INTRODUÇÃO

 

            O Projeto Curricular de Turma (PCT) tem como finalidade a organização de toda a ação educativa do professor para o ano letivo a que se refere, de forma a concretizar o Currículo Nacional e o Projeto Curricular de escola, “visando adequá-los ao contexto de cada turma” (dec-lei nº 6/2011), implicando por isso a reconstrução do próprio Currículo Nacional, tendo em conta a situação e as características dos contextos em que se vai desenvolver.

            O PCT pretende assegurar que o Currículo Nacional, centrado em competências essenciais e em experiências de aprendizagem/atividades que incorporam a dimensão social da ação educativa, contribua para que todos os alunos desenvolvam competências gerais que estão definidas para o Ensino Básico, que por serem básicas e essenciais, se constituem como ferramentas indispensáveis à compreensão do mundo e à vida quotidiana.

            No seguimento da temática do Projeto Curricular de Escola “Viajar sem sair do lugar” e da sua articulação com o Currículo Nacional, surge como tema deste PCT “Volta ao mundo em 182 dias”. Assim, ao longo deste documento far-se-á a apresentação da fundamentação teórica e dos objetivos do projeto.

 

   

  1. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

 

Herdámos uma grande casa,

A grande casa do mundo.

Na qual devemos conviver.

Negros, brancos,

Ocidentais e orientais,

Hebreus e não hebreus,

Católicos e protestantes,

Muçulmanos e hinduístas.

Uma família que, injustamente, está dividida

Por ideias, culturas e interesses.

Dado que já não podemos viver separados,

Devemos aprender a conviver em paz.

Todos os habitantes do mundo são vizinhos.

(Martin Luther King)

 

Com o PCT construído para o presente ano letivo, pretende-se a criação de condições para a aquisição de conhecimentos e aprendizagens, graduais e significativas para o aluno.

Tendo em conta que aprendizagens significativas são naquelas que se ligam com as “vivências efetivamente realizadas pelos alunos fora ou dentro da escola e que decorrem da sua história pessoal ou que a ela se ligam (…), [o que] pressupõe que a cultura de origem de cada aluno é determinante para que os conteúdos programáticos possam gerar novas significações” (OCP: 2006;23).

Sendo a multiculturalidade o tema do projeto educativo da escola, cujo título se designa “Viajar sem sair do lugar” e tendo crianças cujos pais são de várias nacionalidades, a equipa pedagógica decidiu aprofundar esta temática.

A cultura é um meio de comunicação e um elemento harmonizador entre as interações concretas e o indivíduo. Todos os indivíduos são ensinados a pensar e a agir de forma idêntica aos membros da comunidade a que pertencem, para que este possa formar uma identidade cultural. Simultaneamente, a cultura é um elemento mediador e diferenciador do diálogo entre culturas. O significado de cultura é um conjunto de crenças, conhecimentos e tradições compartilhados entre uma sociedade e difundidas através de gerações.

A multiculturalidade é o reconhecimento das diferenças de cada pessoa. O principal objetivo da multiculturalidade é conservar as características particulares de cada grupo, a promoção da interação e o respeito entre diferentes culturas garantindo assim a igualdade para todos. Assim, a educação multicultural é projetada para ajudar a unificar uma nação profundamente dividida em vez de dividir uma nação altamente coesa. Desta forma, defende-se a relação intercultural baseada na compreensão e na tolerância, no reconhecimento do outro e da diversidade.

Assim, através do PCT, pretendemos ajudar cada aluno a determinar as suas próprias representações, preconceitos e modelos do seu sistema de valores, assim como a identificar as representações, preconceitos e sistemas de valores dos outros indivíduos e grupos. Para além disto, a UNESCO acrescenta que “os alunos precisam de adquirir conhecimentos, capacidades, habilidades e valores que contribuam para um espírito de solidariedade e cooperação entre os diferentes indivíduos e grupos na sociedade” (2016, p.20). Para isso, é crucial “promover novos sentidos de identidade e cidadania apoiados no conhecimento e aproximação de pessoas, povos e culturas” (Cardoso e Souta, 2017, p.2).

Em suma, esta intervenção irá permitir que as crianças conheçam novos países e novas culturas, e com as diversas atividades, conseguirão identificar diferenças relativamente a outras culturas. Numa perspetiva defendida por Morin: “cabe à educação do futuro cuidar para que a ideia de unidade da espécie humana não apague a ideia de diversidade e que a da sua diversidade não apague a da unidade (…) A educação deverá ilustrar este princípio de unidade/diversidade em todas as esferas” (1999, p.55).

 

  1. DEFINIÇÃO DE OBJETIVOS

 

Objetivo Global
·         Promover a interação e o respeito entre diferentes culturas garantindo a igualdade para todos

 

  Objetivos Gerais Objetivos Intermédios/Específicos
  Conhecer diferentes países, valorizando as diferentes culturas; ·         Identificar os continentes e países que lhe pertençam;

·         Identificar os oceanos;

·         Associar bandeiras a diversos países;

·         Conhecer algumas características de locais tendo em conta a sua localização;

·         Explorar mapas e globo terrestre;

·         Valorizar e respeitar a cultura de outros povos.

  Perceber a existências de diferentes línguas; ·         Aprender algumas palavras noutras línguas;

·         Comparar a estrutura de palavras em várias línguas;

  Conhecer aspetos da cultura de alguns países ·         Comparar tradições portuguesas com tradições de outros países;

·         Fomentar o conhecimento e o apreço pelas tradições e costumes portugueses

·         Conhecer e comparar aspetos da cultura de cada país (músicas, trajes, tradições, desportos, habitação, culinária, …);

·         Associar tradições a locais e épocas do ano;

  Promover a educação para a cidadania ·         Desenvolver atitudes de respeito e valorização do património cultural;

·         Reconhecer e respeitar a diversidade cultural.

  Promover práticas de uma aprendizagem ativa através da experimentação ·         Participar no processo de planificação, realização e avaliação de atividades;

·         Desenvolver capacidades de cooperação com os pares;

·         Integrar atividades pedagógicas interturmas;

·         Recorrer às TIC para pesquisar e selecionar informação pertinente;

·         Explorar e partilhar conclusões

  Incentivar a partilha de saberes e vivências das famílias com as crianças e a escola ·         Envolver-se na descoberta das suas raízes familiares;

·         Criar momentos de partilha;

·         Valorizar tradições familiares;