Projeto Curricular de Escola

 
PCE
 
Diapositivo1

 

Clique sobre a imagem para ampliar

 

1.     PREÂMBULO

É do conhecimento da comunidade educativa que o Projeto Curricular de Escola é definido em função do currículo nacional e do Projeto educativo da escola. O PCE do ano letivo que terminou foi o ponto de partida para a elaboração do PCE deste ano, como forma de colmatar as fragilidades identificadas e cumprir a nossa missão.

Reconhecemos que a qualidade do ensino e a capacidade de corresponder às situações reais bem como a mobilização dos recursos existentes passa pelo envolvimento da escola e dos seus agentes na procura de caminhos que se adequem aos contextos reais. É neste sentido que a elaboração participada do PCE assume uma importância crucial na nossa ação educativa.

A análise dos resultados das provas de aferição do 2º ano de escolaridade, reveste-se de grande importância para a elaboração do Projeto, uma vez que ao serem identificados os domínios em que os alunos revelaram maiores dificuldades, permite-nos avançar para o desenvolvimento de atividades dirigidas a suprimirem as dificuldades identificadas e a planear a intervenção adequada e a comprometer os agentes educativos.

O Projeto Curricular de Escola é, nesta lógica, o motor de desenvolvimento da ação educativa. Está diretamente relacionado com o Projeto Educativo de Escola (PEE) e apoia- se nele para dar sentido ao desenvolvimento integral da criança e do aluno. Reconhecemos que a ligação entre o sentido, a intenção e a ação (organização) não é fácil, mas “é preciso ser-se capaz de inspiração e de ação”. A ausência de organização leva-nos para o domínio da utopia e se centrado exclusivamente na organização, ameaça a própria ação, pela perda de sentido.

O PCE do Externato Passos Manuel, enquanto documento normativo, assenta no trabalho cooperativo entre todos os agentes da comunidade educativa, assume as prioridades definidas no PEE e concretiza, através de processos/ações, as orientações curriculares de âmbito nacional em propostas globais de intervenção pedagógicas e didáticas, adequando-as ao contexto da nossa escola tendo em conta as necessidades dos nossos alunos, realiza-se no seio da equipa e pela articulação e sequencialidade dos conteúdos, origina aprendizagens significativas, integradoras e interdisciplinares de saberes, encarada numa lógica de organização aprendente e assente na filosofia do Externato Passos Manuel – Promover o desenvolvimento da criança e do aluno através, do Conhecer, do Saber, do Agir e do Ser. Significa que as crianças aprendam a conhecer, a fazer e a viver com os outros numa perspetiva humanista que se traduza no futuro em pessoas responsáveis, tolerantes, conscientes dos seus direitos e dos seus deveres e agindo ativa e livremente como pleno cidadão.

 

OBJETIVO GLOBAL

Sensibilizar as crianças, as famílias e a comunidade para os principais problemas que afetam o ambiente e as riquezas naturais do planeta, apelando à consciência ambiental e cívica no sentido de os resolver ou minimizar procurando um equilíbrio dinâmico entre o homem e o ambiente.

Introduzir o conceito de sustentabilidade (política dos 7R,s).

Diapositivo13

Diapositivo14 clique nas imagens para aumentar  Diapositivo16

Diapositivo19                              Diapositivo20 Diapositivo21                                   Diapositivo22

Diapositivo23

Diapositivo24                Diapositivo25

Diapositivo26

Diapositivo27                 Diapositivo28

Diapositivo29

        Diapositivo30

Diapositivo31                       Diapositivo32

Diapositivo33

Diapositivo34                        Diapositivo35

Diapositivo36

..